30 Dec 2006

Se achas que o amor é um jogo.

Existe sempre um vencedor e um vencido.
Existe sempre o mau perder.
Existe sempre um vício que nos faz mal.
Existe sempre um certo fazer pensar.
Existe sempre quem nos influencia.
Existe sempre quem faça apostas.
Existe sempre um fim.

Será que devia ser?

29 Dec 2006

Sem fim

Para os relógios
Dança, entra no jogo
Brinca com a razão
Brinca com o fogo.

Acredita no tempo
Foge de mim
Brinca com a paixão
Não fales do fim.

JM

21 Dec 2006

I wish it was the 60's...in Portugal!

20 Dec 2006

Perfil psicológico de um publicitário: secção coisas idiotas.

"... a maioria dos publicitários são pessoas de origem razoavelmente pobre e pertencem a famílias da classe média baixa. São jovens que, de tanto serem impactados pelas promessas da sociedade de consumo, e sem poder de compra para consumir tudo o que vêem anunciado, decidem ganhar dinheiro a prometer e a anunciar. No fundo,boa parte dos publicitários quer apenas ter dinheiro para inconscientemente se vingarem de todos os publicitários."

Edson Athayde in Confissões de um Publicitário Português.

Picado daqui.

19 Dec 2006

As perguntas mais irritantes e repetidas do momento.

-Então, já fizeste as compras todas?

-Já sabes onde vais passar a passagem de ano?

15 Dec 2006

Um sonho e uma banda sonora.

Este é talvez um daqueles posts que mais vai custar a escrever. Porque enquanto estava a pensar nele, estava a dormir. Ou melhor, estava a sonhar. Fartei-me de sonhar esta noite. Estive em montes de sítios diferentes, estive com pessoas que não via há imenso tempo, pessoas que já nem fazem parte da minha realidade e sobretudo estive com pessoas que pensava que ainda nem tinham entrado na minha vida. Acordei cansado... Não por ter dormido pouco, mas por ter vivido tanto durante o meu sonho. Viver nos sonhos. Não se vive nos sonhos realmente, pois não? Mesmo quando estamos a viver um sonho, uma coisa tangível, sentimo-nos a dormir. E quando sonhamos quando estamos a dormir sentimo-nos vivos. Que redundância.
É por isso que gosto de adormecer cansado. E acordar ainda mais. É sinal que estamos vivos afinal.

Para terminar, uma música e um clip que me fazem sonhar. E dançar também.

11 Dec 2006

Não vejo televisão.

Já repararam que existem pessoas que dizem com um orgulho extremo "Eu não vejo televisão". Como se não tivessem tempo para o fazer...como se consideraseem a televisão como uma coisa fácil demais...Não é cultura, ler muitos livros é que é. Também há aquelas pessoas que se acham muito cultas porque lêm imensos livros. Eu já li o Sei Lá da Margarida Rebelo Pinto e digo-vos que foi bom para o meu cérebro descansar enquanto o lia, porque não havia nada ali para reter. Não estou a dizer mal desse género de livros, que por acaso não me lembro do nome. Será cor-de-rosa? Não, isso são as revistas... Hei de me lembrar. Mas são os livros que vendem mais, então agora no Natal deve ser vê-los a desaparecer das prateleiras.
Pois. Agora vem o problema. A vaca fria. Eu que sempre fui contra os anti-tv, vejo-me agora obrigado a juntar-me a eles. Tudo porque andaram a fazer obras no prédio onde eu vivo e desligaram-me a antena. Conseguem-se imaginar a viver numa casa sem televisão? Eu até tenho duas...mas sem antena, do que me servem? Se alguém souber do paradeiro do senhor das obras que me desligou do mundo, avise-me. Eu vou atrás dele!

Vacas

Porquê chamar as vacas para assuntos que elas não têm rigorosamente nada a ver?

Por exemplo, quando estamos a meio de uma conversa e queremos voltar a um assunto pouco confortável - "voltando à vaca fria" - que sentido é que isto faz? O que é uma vaca fria afinal? Imaginem que esse assunto é uma pessoa, mulher, com quem já tiveram um caso. É uma vaca fria. O assunto. Se der origem a uma conversa pouco agradável. Mas pode ser uma fronteira muito ténue entre uma inocente expressão e um insulto gratuito. Adiante.

As vacas nunca se constipam. Daí o "nem que a vaca tussa". É uma coisa nada provável de acontecer. Não acontece simplesmente (não o consegui confirmar, mas da próxima vez que for ao Alentejo ou assim hei de interrogar alguém sobre isso) Apesar de uma vaca poder estar fria, nunca se vai constipar e consequentemente tossir. Mas será que a vaca espirra? Se isso se confirmasse poderiamos ter um problema de interpretação. Ela há de emitir algum som parecido com isso...tenho quase a certeza.

E qual será a probabilidade de vermos uma vaca a rir? É fácil. Basta ir a um supermercado qualquer, secção dos queijos e voilà, temos o queijo francês A Vaca que Ri. Forçado, não? Mais facilmente consigo imaginar uma vaca a tossir do que a rir. As vacas não se riem. É a realidade. Ponto.

Todos temos os nossos momentos de sorte. E aí entram as vacas outra vez. Quem nunca ouviu a expressão "ganda vaca"? Pode ser usada noutro contexto que nem sequer me vou dar ao trabalho de explicar porque toda a gente conhece. Tenho a certeza. Esta expressão existe em contraposição ao "ganda galo", que é como quem diz "ganda azar". Poderão estes dois animais tornar-se em ícones de sorte e azar? Não consigo encontrar uma hipótese sequer disso acontecer. Mas quem sabe?

A mãe de uma amiga minha é viciada em vacas. Toda a cozinha tem coisas com vacas, desde paliteiros, chávenas, porta-guardanapos, enfim, toda uma panóplia de coisas com aquele padrão preto e branco. A casa de banho também tem coisas com vacas, saboneteira, etc. Ainda não chegou à fase do sofá com o padrão vaca. Talvez um dia. Pessoalmente até acho piada, só depende é do contexto da decoração.

Enfim, chega de falar de vacas por hoje. E agora entravam os Foo Figthers a tocar a For All the Cows.












Este post é dedicado a todas as vacas deste mundo. Sim, todos nós sabemos que elas existem.

7 Dec 2006

Imagina a desilusão.

Se um dia espremesses uma laranja e só obtivesses água.

A day in the office...

Os Arcade Fire tocam na Radar. Cheira a café e torradas no ar. Lá fora chove e a Serra de Sintra está coberta por um manto de nevoeiro em tons cinzento que é tudo menos silver. Mas haverá algum louco que goste do Inverno?

Pensamento para animar o dia:

We'll live for the sunshine
And smile through the rain

Brett Anderson

5 Dec 2006

Uma dúvida que me persegue há anos.

Qual é a diferença entre um bife e um bitoque?

30 Nov 2006


Será uma ilusão que nos hipnotiza ou um hipnotismo que nos ilude?

28 Nov 2006

Um grande Professor.

O tempo. Porque nos ensina muitas coisas.

15 Nov 2006

...

When the rain falls...

8 Nov 2006

De volta aos posts...e não só!

Cof cof... Foi difícil entrar aqui, tive que cortar umas quantas ervas daninhas e passar por teias de aranha gigantes (ainda tenho uma na minha cara), mas consegui.

Já há algum tempo que não actualizava isto. Desde o último post da foto (não deixem de ver). Há uns dias tive a reorganizar aí a lista de links. Está aí um muito bom. É o todo ouvidos. É o blog de um grupo de amigos que vai registando na rua, centros comerciais, transportes públicos coisas disparatadas e/ou bidarras, perdão, bizarras, ditas por outras pessoas. Vale a pena ir lá.

Isto foi o que estive a fazer hoje à tarde:


...ou seja, andei a organizar o meu MP3. Correcção: parte da tarde.

Sim, porque já estou a trabalhar. É verdade. Dêm-me ideias para empregos ou negócios novos. Publicidade já era. É triste mas não deixa de ser verdade. Com evolução dos media, qual será o futuro da publicidade? O que é que vai acontecer realmente? Well...a ver vamos.

Estimo que estejam todos bem. Até um dia destes.

26 Oct 2006

Recordações de Infância #1

Pois é, estávamos no final dos anos 80 quando eu e o meu vizinho Mc Pedro criámos a nossa banda de hip hop. Sim, antes do grunge dos anos 90, ainda passámos pelo hip hop, não é Pedro?
Entre algumas entrevistas para a MTV, lá tivémos tempo para a sessão fotográfica para o nosso primeiro álbum, álbum esse que chegou aos tops e que, com alguma pena nossa, apenas conseguiu um orgulhoso segundo lugar. O Vanilla Ice não era um adversário doce e muito menos se deixava derreter por mais música que lhe déssemos.
Como o orçamento era reduzido na altura, não conseguimos arranjar nenhum pit-bull para as fotos, daí a inclusão do gato branco com a coleira vermelha. O Hummer da Matchbox ficou aos nossos pés, daí não aparecer e as nossas amigas faltaram à sessão, por terem ficado a fazer babysitting às suas barbies.

A foto da capa do álbum aqui.

3 Oct 2006

Pergunta

Quem é que já tentou ligar para uma cabine telefónica?

Eu já.

Não toca, como nos filmes...

That's what life should be...

20 Sep 2006

Exitem dois tipos de pessoas #2

As que gostam de procurar.

As que gostam de achar.

Como saber se o Verão já acabou?

As havaianas já estão com uma espessura inferior a 2mm.

Chega a casa do convite para o aniversário do Lux.

22 Aug 2006

No mundo da publicidade.

Existem dois tipos de pessoas:

As que dizem jotapegues.

As que dizem jepegues.

2 Aug 2006

One of the nine songs...

1 Aug 2006

Geraçao Y

Um dos meus livros preferidos de sempre é o Geração X. Douglas Coupland, através deste livro, conseguiu dar nome a uma geração. Talvez por causa de o livro estar minado de referências sobre as quais as próprias pessoas que faziam parte dessa geração numa teriam chegado a pensar ou a aperceber-se, caso não tivessem sido alertadas. A definição de Geração X não é muito precisa, no entanto, e segundo alguns sites, ainda estou incluído nela. E pessoas que têm agora 40 anos também.
Mas não é sobre isso que eu quero falar.
Sim, já sei que sou um pouco obcecado com esta coisa das gerações e das referências culturais e tudo isso, mas hoje a conversa é outra.

Geração Y. Os últimos que nasceram ainda no século passado.
Portugal. 2006.
Acabaram-se os grupos. Já não existem betos, freaks, nerds, góticos. Pelo menos naquelas quantidades relevantes. Já se tinham apercebido disso?
O resultado: o grupo mais significante da Geração Y é o próprio eu.
Em termos de marketing pessoal, a coisa é muito simples:
"Eu sou uma marca. Consome-me. Eu tenho um site no hi5, tenho um blog, mostro as minhas fotografias para quem quiser ver, sinto-me até um pouco famoso e corro o risco de ser reconhecido na rua. A minha existência virtual é quase tão importante quanto a minha existência real. Vivo para a tecnologia porque ela me faz viver. Ninguém é como eu, porque eu sou único. Ninguém é igual a mim."
Pior mesmo, na minha opinião, é que o sentimento de abandono do grupo só torna a sociedade mais fechada, mais egocêntrica, o que irá certamente afectar as relações humanas e o seu desenvolvimento.
Ok, vou parar de usar este blog como moleskin... Este é um pensamento que ainda não consegui fechar muito bem. Preciso de saber e procurar mais. Por agora é cedo...
Já agora, a definição de Geração Y existe, mas é mais virada para os norte-americanos. Só estou mesmo a tentar adaptá-la à realidade em Portugal.

Descobri a minha vocaçao.


Campista. Passados 24 anos e 10 meses, voltei a acampar e adorei a experiência. Sim, a última vez aconteceu quando eu ainda usava chucha e fraldas. A companhia não podia ter sido melhor :)
Apercebi-me que não tenho estado em contacto com a natureza, para além dos fins-de-semana na praia, pouco mais do que isso. Enjoei um pouco da cidade, tenho a certeza que não nasci para viver aqui. Sou uma pessoa do campo, e da praia...não nego as minhas origens e sinto uma vontade de ficar sempre que passo em casa dos meus bisavós, perto da Ericeira. De parar no tempo e desligar-me da realidade. Ou da irrealidade que se tornou este país estranho.

Aqueles que me conhecem sabem o quanto tem sido difícil para mim construir a minha carreira como copy. E às vezes é difícil conseguir estar lá para os amigos da mesma forma, quando andamos mais preocupados e stressados com aquilo a que eu chamo de "assuntos suburbanos". É um conjunto de muitas coisas. Well, nevermind...

Este post serve só mesmo para deixar um grande abraço para todos os que fazem parte da minha vida. E pronto.

17 Jul 2006

T-Shirt da moda.

Tenho visto todos os dias pelo menos um ou dois gajos com t-shirts a dizer FBI - Female Body Inspector. Será que são todos ginecologistas?

E este fim-de-semana foi assim...

16 Jul 2006

Manhã sem fim.

Quando voas,
Pedes as minhas asas.
Esqueces-te que não aterraste
Para voltar até aqui e...
Para onde viajaste?
Não sei porque não fuji
Permaneci assim, estático
E tu,
Tu não me vias.
O Sol,
O Sol que ainda brilhava
Ofuscava-te, mas sem aquecer
E eu,
Apenas queria-te fazer saber
Que talvez numa manhã
Seria assim.

Como?

Apenas uma viagem.
Sem um começo
E sem um fim.

12 Jul 2006

Mais um?

Existem pessoas tão livres, tão livres que nem a própria liberdade as prende.

O já habitual post de pescada.

Existem pessoas que gostam muito de perder horas a pensar na vida para tentar criar teorias sobre ela.

Aqui fica o meu conselho:

Deixem essa tarefa para a ciência e limitem-se a viver mais!

Rewind!

I told you

That we could fly

'Cause we all have wings

But some of us don't know why

Dei por mim a ouvir INXS todos os dias desde o fim-de-semana. Lembra-me de quando tinha uns 12 anos e andava de walkman atrás a ouvir as K7's do meu irmão. Good old times!

7 Jul 2006

Nunca chegaste a saber...

Se me tinhas achado ou se me tinhas perdido
Se me contaste uma história ou se fizeste parte dela.

Momento Cómico do Dia

Estava eu em frente à Brasileira à espera de uma brasileira de seu nome Sofia, ;), quando me aparece do nada o Cláudio Ramos, esse grande comunicador da TV portuguesa, acompanhado por um homem câmara, ou camera man, como preferirem, com uma bandeja cheia salsichas de vários tamanhos. O diálogo foi o mais estúpido e absurdo possível, como podem imaginar. As salsichas supostamente eram o prólogo para a construção de uma entrevista de rua sobre o jogo de amanhã entre Portugal e a Alemanha. Piadolas sobre as salsichas dos alemães, blá blá blá... Acho que o Cláudio estava no sítio certo (sim, "em frente à brasileira" é o ponto de encontro mais gay de Lisboa) mas falou com a pessoa errada. Sem querer, gozei (pouco mas acabei por gozar) com ele e nem me apercebi... Não me perguntem em que canal é que aquilo vai passar (se passar), mas mesmo que soubesse também não dizia! :P
Também cheguei à conclusão que a baixa de Lisboa é o melhor sítio para comprar óculos de sol (fakes, como é óbvio) e marijuana. Uma pessoa fuma e a seguir põe os óculos para ninguém notar, faz todo o sentido!

5 Jul 2006

I wonder...

Hi5, Messenger, MySpace, Blogger, YouTube....

Não estaremos todos a virtualizarmo-nos um pouco demais? Hei de escrever sobre isso.

3 Jul 2006

Antes que o tempo pare.

Tornámo-nos nos heróis de nós próprios. Julgávamos ter o mundo nas nossas mãos, porque o tinhamos. Mesmo sem o saber. Esquecemo-nos de o agarrar, na esperança de o conhecermos. Talvez porque nunca nele teríamos deixado de acreditar.
Foi apenas uma viagem em que passámos por nós. E por mais que quiséssemos chegar perto, era sempre Verão na cidade, eramos sempre eu e tu, condensados numa imagem nítida de um nós que nunca fotografámos, porque esquecemo-nos que nunca chegou a existir. Foi. É. Será?

O tempo parou. Como sempre parava, quando te via a caminhar pela relva, ainda verde e molhada.

29 Jun 2006

Na bomba de gasolina da BP

Cliente: Olhe, estes talões são para quê?
Mulher da caixa: São para fazer apostas na internet, nisto do betadine*.

*leitura distorcida de Betandwin

27 Jun 2006

So 90's Broadcast continues...

Ned's Atomic Dustbin - Kill your Television

dEUS - Instant Street



You're probably right, seen from your side, that I've been lucky
but I've been meaning to crack all week.
Yes I've been involved, it never resolved into anything shocking.
Pains playing yoyo in my body as we speak.
And now I found something to look for, but I can't decide,
'Cause I might find that to stroll behind is better than to score.
Just like I did before.
It wouldn't be true, not towards you, to say that I'm staying.
When on every single impulse, on every other move I react.
'Cause in any old creek, with changing technique, you'll see me playing.
After any old motherfucking blow I'll be back.
We turned away from instant stuff
our cracking codes were breaking up
our words were sucked out it made them clean.
And after lowness say it
and after more let it be known
Our codes are grown into something mean.
You're probably right, as for tonight, you're making me nervous.
What is it you want me to be thinking of?
I'll put on a movie, I'll play something groovy as a matter of service
And I'll chuckle when you smile as a matter of love.
'Cause you know it's not my style to be giving up now.
And this pain in my side, I had enough.
This time I go for Instant Street
This life's a soulless excuse for all abuse and parenthesis.
The flyspecked windows and the stinking lobbies
they'll remain all the same, all the same.
This time I go. This time I go...

21 Jun 2006

Selva #2

Já não posso parar para ficar.

Chamou-me a voz do silêncio.

Tenho um relógio que ainda bate lentamente
E guarda o tempo com um ruído metálico e frio.

É por me chamar assim
Que não vou correr
Se não quero ficar?
Se não quero partir?
Deixa-te estar aqui,
Mas assim não pares de sorrir.

Porque só amanhã podemos fazer
aquilo que o tempo um dia fez igual.

20 Jun 2006

Selva #1

Passei por todos os caminhos que conhecia
Parei numa selva em vez de uma floresta encantada
Foi aí que passei para o outro lado
E trouxe em mim aquilo que nunca quis ver.

Vi-te a passar por entre os meus olhos
Mas imaginei-te como se fosses invisível
Guardei a tua imagem para te poder pintar
Com tons e palavras que não conheço.

Porque na selva também existes.

JM

17 Jun 2006

3 Jun 2006


Miss X and the guitar. LX-Jan-2005

It's just a digital photo.

Pensamento com sono #1

As fotografias de paisagens sem pessoas são como as músicas sem voz.

29 May 2006

de Alexandre O'Neill

Há Palavras Que Nos Beijam

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.
 
 
Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.
 
 
De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.
 
 
(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)
 
 
Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes


Descobri hoje que Alexandre O'Neill também foi copywriter. "Bosch é bom" ou "Há mar e mar há ir e voltar" são apenas dois exemplos de como a sua marca foi forte no mundo da publicidade.

...há qualquer coisa de kinky na assinutura da Bosch.

26 May 2006

Aulas de música.

Tenho grandes recordações delas, de quando era puto. Nunca tive muita paciência para estudar música, confesso. E arrependo-me agora! Queria ter um piano em casa e poder tocar como ouvia o Maestro Vitorino de Almeida a tocar em casa dele, sempre que ia almoçar às Amoreiras. Era brutal, sempre que passava pela janela dele, ficava sempre a pensar se seria um disco a tocar ou ele próprio.

Hoje lembrei-me de uma história meio parva que o meu professor chegou a contar mais que uma vez. Ora, a música é uma sequência de sons e pausas. Parece que alguém de quem já não me lembro do nome fez o favor de levar a definição à risca. Então, nos seus concertos, teria ocasionalmente uma música composta apenas de silêncios. Sentava-se no piano, contava as pausas, e no final agradecia. Sem ter tocado uma única nota... Não sei se chegava ao cúmulo de ter uma pauta cheia de pausas. Pausas difíceis de contar, para não tornar a coisa demasiado básica, claro.

História mais idiota, estão vocês a pensar. Mas pronto, hoje é dia de Rock in Rio e de Super Bock Super Rock, por isso, viva a música! Não as pausas, mas sim o som!

24 May 2006

Mais um blog.

Pois é, eu e a Lisa, por não podermos estar o dia inteiro na agência (saudades!!!) a partilhar as nossas coisas sobre o Serge Gainsbourg, e como grandes fãs que somos deste "filthy french man", decidimos criar um blog em devoção ao nosso ídolo.

www.filthyfrrench.bogspot.com

As diferenças.

Portugal. Maio de 2006

Não está frio, mas também não está calor.
As casas começam-se a encher de bandeiras para o Mundial.
Começa a época dos concertos. São tantos que ninguém consegue fixar quem é que vai tocar onde.
Começam a passar as músicas que se vão tornar os grandes êxitos do verão, tipo músicas com assobios entre outras.
A gasolina podia ser vendida em torneiras de ouro, pelo preço que andamos a pagar por ela.
A IC19 continua em obras.
A praia grande está toda poluída.


Caraíbas. Maio de 2006

É melhor não saber o que se passa por lá.

:)

21 May 2006

10 May 2006

Só para mandar um post de pescada...

Estava-me a apetecer actualizar isto, mas não tenho nada que me apeteça muito escrever.
Pouco mais posso dizer que estou no trabalho, a fazer umas adaptações.
Esqueci-me dos óculos no carro, mas não me está a apetecer ir buscá-los.
Está um dia bom para a praia.
Estou a ouvir Groove Armada.
Estou ansioso pelo fim -de-semana.
Estou com sono.
Estou com fome.
Estou bem.

:)

6 May 2006

Isto é só o início.



Paradiso Wear

5 May 2006

Casual Friday

Where should I be?
You left me here in the sun
With a bag of tea
It's not much fun
But i still can pretend
That i'm so damn cool.

JM

3 May 2006

Citação

Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos.

Shakespeare

2 May 2006

Um clássico.

Chegar a uma agência nova, ser apresentado a 20 pessoas e no final não saber o nome de uma única.

30 Apr 2006

29 de Abril de 2006

Primeiro mergulho no mar! Finalmente! :)

24 Apr 2006

Today

Monday becomes friday.

22 Apr 2006

Porque é que? #qualquer coisa

Nos anúncios de pensos higiénicos (que combinação de palavras horrível) e de tampões, o sangue é sempre azul? Será demasiado chocante assumir que o sangue humano é de facto vermelho, ou será por uma questão aspiracional? Sim, porque toda a gente gostava de ter o sangue azul.
Eu também. Iria sentir-me diferente de cada vez que me cortasse.

PS: Miss Liz, nem todos somos sangue azul. :)

20 Apr 2006

O que os espelhos conseguem fazer.

Também nao percebo.

Porque é que as pessoas têm uma obsessão tão grande pela morte das celebridades?

No local de trabalho.

"João, porque é que estás sempre a ouvir músicas com sons de mulheres a correr na maratona?"

Nao percebo...

Porque é que ninguém me convidou para a inauguração do Casino de Lisboa?

Suckers...

18 Apr 2006

Un petit video.

17 Apr 2006

Recebido por e-mail

Did you know that on the first Thursday of next month (4th May), at two minutes and three seconds after 1:00 in the morning, the time and date will be 01:02:03 04/05/06.
That won't ever happen again.
You may now return to your normal life.

thanks for the useless info, mark.

16 Apr 2006

Two kinds of celebrities.

#1 The ones you love to hate.

#2 The ones you hate to love.

JM

12 Apr 2006

Just teasing you.

Foi hoje o início. Correu bem, faltam algumas afinações, uns retoques, ensaiar tudo vezes e vezes sem conta, compôr algumas músicas no entretanto e daqui a um mês e tal, algures em Lisboa, vai haver um primeiro concerto.
Mais novidades para breve. =)

Primeira semana.

Faz hoje uma semana que acordei com uma vontade: deixar o tabaco sair da minha vida pela porta da frente. Fumei o último cigarro, logo pela manhã, aquele que tem o sabor mais estranho, comprei pastilhas mega potentes fihserman's friend e lá começou a aventura.
Nos dias que passaram tentei evitar sítios em que se fumasse. Era mais complicado, óbvio. O problema é que eu trabalho na única agência de publicidade de portugal onde se pode fumar em todo o lado! Claro que não sei se é a única, mas deu jeito a pessoa que mais fumava aqui dentro ter saído para outra agência...whatever!
Só para dizer a todos os fumadores que vale mesmo a pena deixar de fumar. Em muitos aspectos, a qualidade de vida melhora imenso, respiramos melhor, o coração trabalha melhor, não temos a língua sempre com aquela sensação áspera, etc etc etc.
Já andava a fumar um maço por dia. Era horrível sentir que cada vez estava mais viciado.
Agora só há mesmo uma solução, é continuar a privar o meu corpo da nicotina e sentir que não preciso de saborear fumo (que cena parva, penso eu agora) para me sentir melhor.
Citando os Groove Armada, "looking back it was easy".
Só me esqueci de contar que agora como o dobro. E incluí inconscientemente o chocolate na minha dieta. Mais um vício para deixar entretanto. :)

Morning song #1

Oasis - Round Are Way

The paper boy is working before he goes
Lying to the teacher he knows he knows
He didn't and he should've
Brought his lines in yesterday
Ernie bangs the sound and the day begins
The letterbox is open and your cash falls in
I'll meet you at the office
Just before the staff clock in

Round are way the birds are singing
Round are way the sun shines bright
Round are way the birds sing for yer
The already know yer 

The game is kicking off in around the park
It's twenty five a side and before it's dark
There's gonna be a loser
And you know the next goal wins
Cab it to the front as it's called a draw
Everybody's knockin at yours once more
Ernie bangs the sound
And no one's spoken since half past four

Round are way the birds are singing
Round are way the sun shines bright
Round are way the birds are minging
Round are way it's alright
Round are way the birds sing for you
Cos they already know yer

11 Apr 2006

Poesia?

Se o Mário Mata,
a Florbela Espanca,
o Armando Gama
e o Jorge Palma,
o que é que a Rosa Lobato Faria?
E, já agora:
Talvez a Zita Seabra
para o António Peres Metello.

5 Apr 2006

The difference between the beatles and the stones.

beatles: i wanna hold your hand.

stones: let's spend the night together.

4 Apr 2006

Very nice...

Adorei esta campanha e acho que merece ser destacada por aqui. Enjoy!




Adorei esta campanha e acho que merece ser destacada aqui. Enjoy!

30 Mar 2006

The published and unpublished work of Zeca!

Já abriu o blog do meu mano! Visitem, andam por lá grandes cartoons.
Clicar aqui.

23 Mar 2006

Question #1

One life to live or one live to leave?

Make it

Make it hard
Make it strong
Make it good
Make it bad
Make it dumb
Make it wise
Make it smile
Make it cry
Make it love
Make it hate
Make it blue
Make it black
Make it come back.

JM

Song in my head.

I just don't know what to do with myself.

White Stripes

21 Mar 2006

Coisas do Portfolio #2

Spots de Rádio Banif.

Simplicidade
Rapidez
Flexibilidade

Quem me dera que fosse como dantes.

Quando ouvia o mesmo disco vezes e vezes sem conta, durante dias e dias, meses e meses...
Ainda os guardo.

20 Mar 2006

Coisas do Portfolio #1

19 Mar 2006

Zero 7 - Waiting Line



Wait in line
'Till your time
Ticking clock
Everyone stop

Everyone's saying different things to me
Different things to me
Everyone's saying different things to me
Different things to me

Woooohh
Do you believe
In what you see
There doesn't seem to be anybody else who agrees with me

Do you believe
In what you see
Motionless wheel
Nothing is real
Wasting my time
In the waiting line
Do you believe in
What you see

Nine to five
Living lies
Everyday
Stealing time
Everyone's taking everything they can
Everything they can
Everyone's taking everything they can
Everything they can

Woooohh
Do you believe
In what you feel
It doesn't seem to be anybody else who agrees with me

Do you believe
In what you see
Motionless wheel
Nothing is real
Wasting my time
In the waiting line
Do you believe
In what you see

Ah and I'll shout and I'll scream
But I'd rather not have seen
And I'll hide away for another day

Do you believe
In what you see
Motionless wheel
Nothing is real
Wasting my time
In the waiting line
Do you believe
In what you see

Everyone's saying different things to me
Different things to me
Different things to me
Different things to me
Different things to me
Everyone's taking everything they can
Everything they can
______________

E o novo álbum está quase a sair...

Something About US



It might not be the right time
I might not be the right one
But there's something about us I want to say
Cause there's something between us anyway

I might not be the right one
It might not be the right time
But there's something about us I've got to do
Some kind of secret I will share with you

I need you more than anything in my life
I want you more than anything in my life
I'll miss you more than anyone in my life
I love you more than anyone in my life

18 Mar 2006

Morphine. Já lá vão uns anos...

I can tell you taste like the sky cause you look like rain.

Grande frase!
Por hoje chega de posts. Bom fim-de-semana de chuva para todos.

Sem nós.

Sem tu quereres nasceu
Sem eu querer não morreu
Sem mais para dizer
Só nos resta viver.

Sem ela querer veio
Sem ele querer não foi
Sem mais para dar
Só lhes falta amar.

JM

Escrito com nuvens.

A nuvem passou por mim
E desenhou o teu nome
Num céu de mil cores colorido
Que aparece e que some.

Faz-me pensar e acreditar
No que um dia vi
Para agora poder lembrar
De mim e de ti.

E assim mesmo vou ouvindo
Uma voz que grita na escuridão
Uma razão sem sentido
E um sentindo sem razão.

JM

16 Mar 2006

Um dia.

Um dia tudo muda
Num dia muda tudo
Todas as palavras me saem
Mas eu sinto-me mudo.

Tenho um nada nas mãos
E um tudo bem proximo.

Tenho um sorriso bem desenhado
E no peito, o calor de um abraço.

Uma noite tudo será
Numa noite será tudo
As palavras apenas serão
Numa noite serei tudo.

Um dia seremos. Apenas nós.

JM

24 Feb 2006

Oxigénio

Pois é, mais uma vez tive a dar música para respirar. E desta vez ganhei! Para quem não sabe, estou a falar da DJ Battle da Rádio Oxigénio.

As músicas que tocaram:

Air - Surfing on a Rocket (Joakim Remix)
Erlend Oye - The black keys work
Dayton - The sound of music -> a minha preferida
Franz Ferdinand - This fire (Playgroup Remix)
Annie - Heartbeat

Já agora, relembro-vos o quando é difícil entrar e sair de um parque de estacionamento daqueles fechados, quando o vidro do carro deixa de funcionar! Foi o meu trauma de hoje.
Agora tou na agência...último dia aqui! Não, não fui despedido, só vinha mesmo para cá um mês.

O almoço foi tão fixe que nem me consigo mexer! ;)

Já agora, feliz carnaval para todos!

20 Feb 2006

Mais um momento de egocentrismo.

Your Birthdate: June 30

You have the type of personality that people either love or hate.
You're opinionated, dramatic, intense, and very outspoken.
And some people can't get enough of you - they're totally addicted.
Others, well, they wish you were a little more reserved.

Your strength: Your flair

Your weakness: If you think it, you say it

Your power color: Scarlet red

Your power symbol: Inverted triangle

Your power month: March

15 Feb 2006

15-Fev

Hoje é o dia mundial da ressaca. Ontem, alguns beberam para comemorar. Outros beberam para esquecer. Eu bebi coca-cola. :)

13 Feb 2006

Espaço Comercial #1


Pessoal, estou a vender este SAAB 900 Cabrio, de 1995, com 140.000km, 2.0 de cilindrada, 136 cavalos, preto, estofos em pele beje, capota nova, rádio com CD, 4x vidros eléctricos, computador de bordo, ABS, pneus novos, é lindo o carro! Preço: 9550euros

Para mais informações, contactem:

966442803/914034573/912334188
makeupyourminds@hotmail.com

8 Feb 2006

«Sexo» é a expressão mais procurada na net pelos portugueses

A expressão «sexo» foi a mais procurada pelos portugueses na Internet em 2005, segundo estudo da Netpanel da Marktest.


Esta expressão foi pesquisada na internet por 199 mil portugueses com mais de 4 anos de idade, ou seja, 12,2% dos internautas nacionais.

A segunda expressão mais pesquisada foi Emule, por 176 mil internautas, e a terceira mais procurada foi Google Earth, por 154 mil utilizadores da Internet.

Na lista das 10 expressões mais pesquisadas na net estão ainda sapo, benfica, fnac, mulheres, nuas, google e gmail.

in Diário Digital.

Aventuras Matinais.

Hoje fui perseguido por um Seat Ibiza cinzento, durante algum tempo. Sinais de luzes, ultrapassagens perigosas... a adrenalina do gajo devia tar muito em cima. Quando ele se conseguiu por ao meu lado é que me explicou como deve ser aquilo que me queria dizer com aquele alarido todo: a minha porta tava apenas escontada, e não fechada.
Obrigado a este senhor do Seat Ibiza. Da próxima vez que fechar a porta do meu carro vou-me lembrar de si. É um problema muito grave ter uma porta do carro apenas semi fechada, por isso, é compreensivel que muitas vezes sejam precisas ultrapassagens perigosas, passar traços contínuos, etc...

Profissoes Estranhas #2

Mordomo.

Antónimo de palhaço. Um mordomo é sempre um tipo sério, fato, gravata. Mas o que é que ele faz realmente? Toma conta da casa, mas não faz muito. É como uma mulher a dias com mais classe, com paciência, educação extrema, que não faz "trabalhos pesados", tem ar de quem dá muitas ordens, farda mais séria e muito menos vezes alvo de fetiche. Também não conheço nenhum mordomo. Devem ter todos nomes sérios, tipo Guilherme, António (mas este é o nome do Batatinha, já não serve) e por aí.
Normalmente, o mordomo já tem mais de 50 anos. Não costumam ter muito cabelo. Só trabalham em casas tipo palácio, de pessoas muito ricas.

7 Feb 2006

Profissões Estranhas #1


Palhaço.

(Amiga da mãe) -Então Pedrinho, que queres ser quando fores grande?
(Pedrinho) - Quero ser palhaço! Quero ser como o Batatinha!
(Mãe) - Sim, já estamos a fazer um mealheiro para ele ir estudar para Harvard, parece que têm uma escola de palhaços muito boa lá.
(Amiga da mãe) - Bem, tenho que ir comprar... ah... pão! Até logo!

Como é que uma pessoa decide ser palhaço? Será por ser chamada de palhaço um quantidade de vezes suficiente ao longo da sua vida? Ou será que se sente a vocação, o nariz vermelho... É melhor não falar do meu nariz, porque até é um bocado avermelhado. Às vezes...

E com que pessoas se dá um palhaço?
(Confissão de Cristiana, namorada de um palhaço) - O meu namorado é palhaço!
Como reagirão as amigas?
(Pensamento silencioso de um amiga da namorada de um palhaço) - Também para andar contigo, tinha mesmo quer um palhaço.
(Pensamento não silencioso de um amiga da namorada de um palhaço) - A sério? Que fixe! Sempre quis andar com um palhaço. Ahahahahahahahah! Mais uma vodka?

E como são os outros amigos de um palhaço? Quem são essas pessoas, onde é que elas estão? Eu também quero ter um amigo palhaço...Tenho a certeza que me ia dar bem com ele.

Deve ser mesmo complicado ser-se palhaço. E os formulários das Finanças?
(Funcionário das Finanças) - Profissão?
(Palhaço) - Técnico de entretenimento, Palhaço...
(Funcionário das Finanças) - Eu sei que sou empregado das finanças, mas não é por isso que sou palhaço! Vou chamar o segurança! Humpf... Vamos lá a despachar isto que eu tenho de ir acabar o meu jogo de Solitaire. Técnico...de entretenimento? Vou ter que por "outros" aqui no computador.

Batatinha, or António Melo (real name) (born 1957) is a famous Portuguese clown. - tirado da Wikipedia.

Alguém tem uma foto do batatinha sem roupas e maquilhagens? Conseguem imaginá-lo? Eu não.
Lembro-me que uma vez vi alguém conduzir a carrinha dele em alta velocidade aqui em Sintra. Será que o condutor não queria ser visto? Teria ele medo que o julgassem ser um palhaço também, por ser visto dentro daquela coisa?

E um funeral de um palhaço? Não acredito que seja uma coisa triste... A não ser que só vão lá parar os palhaços tristes. Pior do que ser palhaço, é ser triste!

Sindicatos? Será que existem?

Escolas?

Lojas especializadas em artefactos para palhaços?

Clubes, bares, espaços de encontro?

Este post é dedicado a todos os palhaços deste mundo.

6 Feb 2006

O meu iMac Vintage no trabalho...




Porque é que os copys ficam sempre com os piores computadores? Na Lowe tinha um PC com uns 10 anos. Que trauma.
Este só tem uns 4 ou 5. Mas é lindo!

1 Feb 2006

Ah que saudades que eu tinha...

Do trânsito matinal, da hora de almoço, dos telefones a tocar, do barulho dos ratos e dos teclados dos computadores, dos escritórios a cheirar a cigarros e café... e ainda são só 6:00 da tarde!
É verdade, tenho um emprego, como toda a gente.
F***-se!

A minha opiniao e que...

...há assuntos para os quais não consigo nem quero ter opinião. :)

Está explicado o mito.

28 Jan 2006

Mais um Grand Prix?

O último filme da Honda aqui.

2 Jan 2006

2006

Grande festão. Foi tão fixe! :) Obrigado a todos...