18 Mar 2006

Escrito com nuvens.

A nuvem passou por mim
E desenhou o teu nome
Num céu de mil cores colorido
Que aparece e que some.

Faz-me pensar e acreditar
No que um dia vi
Para agora poder lembrar
De mim e de ti.

E assim mesmo vou ouvindo
Uma voz que grita na escuridão
Uma razão sem sentido
E um sentindo sem razão.

JM

3 comentários:

Dr. M. Roida said...

Pensa e acredita em ti. És grande.

Zofia said...

Poeta.

paula farmhouse said...

ena ena..tenho um amigo poeta...adoro