10 Aug 2005

Poesia #1

Sê como és: o sol é bom,
o ar vivaz.
Do azul aos azuis, do verde aos verdes,
a terra é menina e o tempo rapaz.

Também tu és menina
(um bichinho rebelde, de tão natural!)
e correr descalça era mesmo o que querias,
mas seria indecente nesta capital...

E enquanto, doutro verde possuído,
em versos me explico, bem ou mal,
à primavera corres, já descalça,
por uma relva ideal!

Alexandre O'Neill

4 comentários:

Anonymous said...

leio o teu blog todos os dias... era giro encontrar post's novos TODOS OS DIAS também, lol.
Continua!
beijocas,
sandra ramos

Anonymous said...

Sei que tem andado ocupado, mas...vá tira um bocadinho da tua noite para nos mostrares textos novos! ;) Gostava de te pedir que nos abrisses uma frecha para aquilo que é o teu "mundo do trabalho"...como publicitário que és tenho a certeza que nos podes ainda surpreender com uma dose reforçada de criatividade, afinal de contas (minha opinião) só te falta mesmo é um empurrãozito para saires da sombra!Vá lá, mostra o que vales!!!
Beijão grande
(talvez tenhas andado é cansado, hein?!?) :P

JM said...

cansado? hum.... nem por isso! até curtia de andar mais. :)

Zé said...

Puto, que bonito, Alexandre O'Neill... adoro. E vá, toca de meter posts novos. Abraço do mano.