3 Jan 2008

Fazer qualquer coisa.

Este post é especialmente dedicado àqueles que todos os dias têm vontade de fazer qualquer coisa. Não quer dizer que o cheguem a fazer, podem ter imensos motivos para isso, mas pelo menos tiveram vontade. E é a vontade que move o mundo. De uma forma mais utópica claro, porque bastava um extra terrestre aterrar na Terra por 5 minutos e iria-se aperceber que o que move este mundo é o dinheiro. Claro que estou a citar o Miguel Sousa Tavares (ok, isto é mentira, primeiro porque desconheço qualquer opinião dele, segundo porque apenas não me apetece ter opinião sobre o assunto e terceiro já estou a ir muito longe)

Estava a falar da vontade. Hoje tive vontade de fechar este blog, talvez porque já me curei da febre de "eu tenho um blog". E não só. Porque este blog começou há muito a fugir ao conceito de blog, seja lá o que isso for. Durante os últimos dois anos, foi apenas um depósito de pensamentos vagos, poemas inacabados, descontextualizados (embora alguns dos meus simpáticos comentadores o tentassem associar ao que eu vivia no presente), feitos à pressão para serem publicados aqui, vídeos e letras de músicas que eu gosto e que de certa forma me andavam a perseguir, fotografias o mais "random" possível, experiências narradas na primeira pessoa (não que eu me considere egocêntrico, mas o narrador era eu), piadolas fáceis de perceber e de ler (ou seja, formato internet), divagações sobre tudo e sobre nada, enfim, só não publiquei a receita de cozido à portuguesa porque não queria empaturrar ninguém. E isso também foi sempre algo comum em todos os posts: eram todos muito light. Pelo menos a maior parte. Ou a parte maior ficava sempre pelo caminho. Ou nunca houve parte maior.

Não sei como é que isto anda de visitas, mas a julgar pela quantidade de comentários não sei como é que ainda não recebi um mail do Sr. Blogspot a dizer que só lhe estava a ocupar espaço no servidor.

2008. Muitas promessas e muitos "querer fazer qualquer coisa". Eu prometo que vou tentar fazer alguma coisa por este blog. É o mínimo que eu posso fazer agora, visto que hoje não me apetece postar nada de novo. Mas tendo em conta que estou neste preciso momento a continuar a escrever algo que comecei ontem, pode ser que ainda haja mais qualquer coisa hoje. Veremos.

Por curiosidade ou não, fica aqui o vídeo da música que deu emprestou o nome ao endereço do blog:



a postagem segue dentro de momentos.

5 comentários:

SRC said...

ja era mais q tempo de dares "vida a isto"!!!!
vá, continua a escrever :)
beijos

V. Teles Fernandes said...

Isso... dá-lhe nova vida, fá-lo renascer... ainda se escrevesses mal e os teus posts não fizessem sentido, ainda se percebia. Feliz 2008!

Asca said...

É tão facil de desistir não achas?
Mas a verdade é que escrever nos dias de hoje, começa a ser uma arte.
Povo o nosso, escreve menos..
Será...
Ignorância?
Falta de paixão?
De leitura?
Não interessa.. Acho, os que ainda tem a capacidade de transmitir qualquer coisa, nem que seja duas linhas, devem permanecer e serem chamados a atenção!!!
Não desistas de ti mesmo, porque nós continuaremos a ler-te! (:

carioca de limão said...

Johnny,

Eu podia te falar de mil vontades. E sim, as vontades são o mais importante. Movem o mundo. É mais provável que nasça algo de uma vontade grande do que sem ela. Continuo com uma vontade enorme de fazer aquilo, e para que tenha frutos(lol)se alinhares,desafio-te aqui "live e em directo" a irmos a umas ruas ao pé do coliseu para a semana onde há umas lojas muitos fixes para amplificadores.
E para ti, espero que continues um blog cheio de vontades.
Bj e saudades.

El said...

Jo, it's hard to know whether what you write for a blog is too heavy or personal. I have that dilemma with my blog too. It's meant to be about a radio show with great music and podcasts! But I find that it has all changed now.. it has become way too personal and yet I'm afraid to abandon it.

Whatever you choose to write about, whatever you choose to do, we will all want to hear about it. Whether you do write lovely poems or make podcasts or feature great videos, there are lots of people who want to know about it. Don't be discouraged!