19 Sep 2007

Palavreado

Inventar palavras que ainda não existem.

Escrever palavras que ainda não se escrevem.

Dizer palavras que ainda não se dizem.

Ouvir palavras que ainda ninguém ouviu.

Aprender palavras que ainda não se aprendem.

Palavras para quê? Palavras para tudo. E para nada.

Para inventar, escrever, dizer, ouvir, aprender.

Será que também as consegues ler?

0 comentários: